Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2008

... mas afinal estava enganada.

 

No passado sábado, aconteceu-me uma coisa, que não pensei ver, supondo que as pessoas têm o mínimo de respeito (ou medo) pela autoridade, neste caso concreto claro est á pela polícia.

A Avenida da República est á novamente em obras, como eu já tinha dito há uns tempos, tudo por causa do alargamento do metro a mais uma estação. Claro que tem provocado o caos numa avenida já de si complicada. Como tal, até se compreende que seja difícil distinguir os traços de indicações no chão... mas haja o mínimo de bom-senso .

 

Perto do cruzamento para a EN 222, quem vai para sul, existem duas faixas e uma faixa para quem vai para norte, esta muito estranha, pois antigamente eram lugares de estacionamento em paralelo. Ora, realmente é estranha, não digo o contrário, mas volto a repetir haja o mínimo de bom-senso .

 

Onde entram os agentes de polícia? Agora mesmo. Os agentes iam em direcção ao sul, mas iam virar no cruzamento para EN 222 e como tal encostaram-se à faixa da esquerda e eu como ia virar para o mesmo sítio assim o fiz também, coloquei-me atrás deles. Mas agora vem o caricato. Não querendo realmente saber do carro da autoridade, um veículo deixou-se estar da faixa da direita, com o pisca ligado para a esquerda. Pensei: "ele deve ter-se esquecido em algum altura de desligar o pisca. Ele não vai ser est úpido o suficiente de se meter à frente do carro da polícia..." Mas o facto de eu pensar, não quer dizer que as pessoas ajam da melhor forma e assim o gajo realmente virou para a esquerda, estando na faixa da direita. Abalroou o caro da polícia, que foram "sensatos" o suficiente para perceber que o fulano não batia bem da bola...

 

Só que mais à frente, existem duas faixas, que nos obrigam a uma decisão: ou vamos para a esquerda, descemos o túnel e vamos para uma direcção que não interessa para o caso ou viramos à direita e vamos dar a uma rotunda, que nos leva por exemplo para Oliveira do Douro, precisamente para onde eu ia. Ao chegar à rotunda, temos duas faixas, que mais uma vez o homem não sabia por qual devia andar, então decidiu ficar-se pelo meio. Nos breves segundos, que se encostou à esquerda,  a polícia ultrapassou-o e virou à direita. Eu que pretendia fazer o mesmo, quase fui também abalroada pelo fulano, que á última da hora, se lembrou que també queria virar à direita...

 

Só neste país, ou como já me disseram, só mesmo na minha santa terrinha...



publicado por dina às 15:14 | link do post | comentar

1 comentário:
De Joel Sardão a 20 de Março de 2008 às 17:24
Não existe sinalização que impeça tal manobra, quem vai na faixa da esquerda tem sinal luminoso de obrigatoriedade de mudança de direcção, quem vai na faixa da direita pode virar para as três (neste momento duas) direcções possiveis. No caso concreto a sua revolta é como a minha, os chicos-espertos da terrinha que não tem civismo e bom senso. Não culpe as Policias pelo mal de toda a humanidade.
Joel Sardão


Comentar post

Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30

31


links
posts recentes

Estatísticas: 'Jovens con...

"Introdução de portagens ...

Oito cêntimos o quilómetr...

Portajar: a palavra que o...

Português a 228 km/hora e...

Benefícios fiscais para a...

Carta de condução só depo...

Comissão de Utentes diz q...

Embrace Life - a diferenç...

Automobilistas holandeses...

arquivos
tags

comportamento português(159)

notícias(82)

acidentes(42)

a minha terra(39)

vídeos(18)

fotos(16)

estacionamentos(14)

homens ao volante(11)

atropelamento(9)

auto-estrada(9)

iniciativas(9)

vci(9)

gasolineiras(8)

operação stop(8)

gasolina(7)

mulheres ao volante(7)

portagens(7)

carjacking(6)

excesso de velocidade(6)

passadeiras(6)

todas as tags

comentários recentes
devia de aver ainda mais
Pois eu concordo quando dizem k isto anda perigoso...
Boas.Esse estacionamento deve-se ao facto de talve...
Acho bem, ou pagam todos ou não paga ninguém
Mas assim pagamos todos para que os que lá passam ...
Não existem passadeiras nas auto-estradas?!
Boas,Já deviam ter visto isto há muito tempo. É pr...
Ver este diverido artigo sobre a condução em Portu...
Basta às vezes repararmos um pouco, para nos aperc...
subscrever feeds
blogs SAPO
mais sobre mim