Terça-feira, 1 de Abril de 2008

À hora do almoço ouvi a notícia sobre o acidente na A41 e como a minha cara-metade faz essa estrada diariamente, sem saber mais pormenores , fiquei sobressaltada a pensar logo no pior (pensamento medíocre tipicamente português ou simplesmente preocupação...) e liguei-lhe logo.

Mas enquanto a chamada não é atendida, mais pormenores vão sendo dados e do mal o menos, fui eu que fiquei sossegada e não a família do condutor em questão.

 

Notícia Lusa:

O condutor que provocou o acidente que causou a a morte de três trabalhadores, hoje de manhã na A41 , está fora de perigo, disse à Lusa fonte hospitalar.

Segundo a fonte do Hospital de São João, no Porto o condutor, que não apresenta ferimentos muito graves, está a ser submetido a exames.

O acidente, que provocou três vitimas mortais, aconteceu hoje às 11:45, ao quilómetro 15, sentido Paços de Ferreira/Matosinhos, na zona de Alfena , Valongo.

De acordo com fonte da Brigada de Trânsito da GNR do Porto, o ligeiro despistou-se e matou os três trabalhadores que faziam a limpeza da auto-estrada.

 

Na página da Lusa, vários comentários foram feitos a este acidente, entre a má sinalização de quem estava a proceder à limpeza da auto-estrada, excesso de velocidade, opiniões referente à possível impunidade do condutor deste acidente tal como poderá acontecer (ainda não se sabe...) à situação de atropelamento no Porto, à infelicidade de perda de três vidas humanas... etc , etc ...

Uma opinião, das que eu li, chamou-me à atenção: que tal, em vez de só ensinarem os futuros condutores a andar devagar devagarinho, ensiná-los também a saber como reagir em situações de perigo? É verdade que há escolas de condução defensiva e tudo mais, mas não está acessível a todos os bolsos e continuamos a assistir a acidentes...

 

Talvez nunca deixem de existir acidentes, mas poderíamos tentar diminuir os números...



publicado por dina às 18:53 | link do post | comentar

3 comentários:
De danielsoares a 3 de Abril de 2008 às 21:45
Eu também pensei o mesmo que a leitora anterior...e liguei, só que fatidicamente no outro lado não foi o meu irmão que atendeu,mas sim um colega de trabalho. que de uma vez só me disse , que o meu irmão tinha sido uma das vitimas mortais. Não está a ser fácil superar.


De dina a 4 de Abril de 2008 às 15:15
Lamento imenso a sua perda, não sei o que mais possa dizer, apenas que lamento.


De danielsoares a 4 de Abril de 2008 às 20:23
A vida não é justa...


Comentar post

Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30

31


links
posts recentes

Estatísticas: 'Jovens con...

"Introdução de portagens ...

Oito cêntimos o quilómetr...

Portajar: a palavra que o...

Português a 228 km/hora e...

Benefícios fiscais para a...

Carta de condução só depo...

Comissão de Utentes diz q...

Embrace Life - a diferenç...

Automobilistas holandeses...

arquivos
tags

comportamento português(159)

notícias(82)

acidentes(42)

a minha terra(39)

vídeos(18)

fotos(16)

estacionamentos(14)

homens ao volante(11)

atropelamento(9)

auto-estrada(9)

iniciativas(9)

vci(9)

gasolineiras(8)

operação stop(8)

gasolina(7)

mulheres ao volante(7)

portagens(7)

carjacking(6)

excesso de velocidade(6)

passadeiras(6)

todas as tags

comentários recentes
devia de aver ainda mais
Pois eu concordo quando dizem k isto anda perigoso...
Boas.Esse estacionamento deve-se ao facto de talve...
Acho bem, ou pagam todos ou não paga ninguém
Mas assim pagamos todos para que os que lá passam ...
Não existem passadeiras nas auto-estradas?!
Boas,Já deviam ter visto isto há muito tempo. É pr...
Ver este diverido artigo sobre a condução em Portu...
Basta às vezes repararmos um pouco, para nos aperc...
subscrever feeds
blogs SAPO
mais sobre mim