Segunda-feira, 14.06.10

Isto porque não são eles a pagar as portagens, é o cidadão que paga para si e para eles...

 

Texto aqui.

 



publicado por dina às 21:45 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Os utentes das SCUT vão passar a pagar cerca de oito cêntimos por quilómetro, de acordo com a resolução de Conselho de Ministros publicada em "Diário da República" (...).

A cobrança de portagens nas três auto-estradas até aqui sem custos para os utilizadores já está definida e publicada em "Diário da República". Além da tarifa de referência a aplicar ao quilómetro para os veículos classe 1, refere igualmente que para as restantes classes 2, 3, 4 o valor não pode ser superior a, respectivamente, 1,75, 2,25 e 2,5.

O documento indica ainda que as tarifas de portagem podem ser actualizadas anualmente, no primeiro mês de cada ano civil, tendo em atenção o valor da inflação.

Fica definido igualmente que os utentes das três SCUT que passam a partir de 1 de Julho a ser portajadas terão de ter um dispositivo de identificação electrónica ou fazer prova de que já o encomendaram. Isto porque o sistema de cobrança de portagens "desenvolve-se segundo uma solução exclusivamente electrónica" e, acrescenta o diploma, as formas de pagamento nas novas portagens "devem ser compatíveis com os sistemas de pagamento em vigor na rede nacional concessionada", que sejam de pré-pagamento, identificando ou não o utente, ou de pós-pagamento.

Além disso, determina que as taxas de portagens podem variar em função da hora e do dia em que sejam cobradas, de zonas especiais ou de passagens regulares e frequentes do mesmo veículo.

(...)

Os diplomas agora publicados vieram alterar os contratos de concepção, construção e exploração das SCUT Beira Litoral, Costa da Prata, Norte Litoral, Grande Porto, Grande Lisboa e Norte, alteração essencial para a introdução de portagens, mas também para definir o novo modelo de financiamento rodoviário.

(...)

 

Fonte: JN

____________________________________________________________________

 

Sinceramente qual é a vossa opinião em relação a esta medida? É que criaram estas estradas como alternativa às auto-estradas e agora são equiparadas em termos de infra-estruturas (acho que já o eram...) e de valor.

 

E em relação à nova forma de pagamento?

 



publicado por dina às 20:26 | link do post | comentar

Quarta-feira, 05.05.10

Já não temos descanso. Definitivamente o Governo quer tirar-nos dinheiro de todas as maneiras possíveis.

Hoje ao ler o JN de ontem vi a notícia referente às portagens que querem pôr aqui na zona do Porto/ Gaia e assustei-me.

E passo a explicar: dentro da cidade de Gaia (que por acaso é bem extensa em termos de território) teremos que pagar portagens (ao que parece 50 cêntimos) se quisermos optar pela A44 ou pela A29. Quais são as alternativas que nos restam? Uma Nacional 1 e uma Nacional 109 em mau estado e que passa por entre pequenas localidades e repletas de rotundas e semáforos.

 

Se quiserem saber ao certo quais os locais de portagens, consultem o JN de ontem que tem lá uma imagem interessante.

 


tags:

publicado por dina às 21:05 | link do post | comentar

Sexta-feira, 12.03.10

A luta contra as portagens na A29 e na A17 não vai abrandar, apesar da decisão do Governo de alterar o regime de exploração das vias SCUT (sem custos para o utilizador), avisou hoje um membro da Comissão de Utentes.

"Somos frontalmente contra a introdução de portagens em duas autoestradas onde não existe alternativa", disse à Lusa Miguel Bento, membro da Comissão de Utentes Contra as Portagens na A29 e na A17.

Miguel Bento garante que a Comissão vai reunir-se rapidamente para estudar as decisões anunciadas hoje em Conselho de Ministros e para preparar novas formas de luta.

"O distrito de Aveiro tem números de desemprego superiores à média nacional e todos os dias fecham empresas. Os cidadãos vão ser ainda obrigados a pagar mais este custo das portagens?" - questiona.

Miguel Bento diz que a A129 e A17 são vitais para o crescimento da economia e garante que não existem alternativas.

"Com a aplicação de portagens, o trânsito será desviado para a Estrada Nacional 109, que nesta altura já é uma espécie de grande avenida, atravessando vilas e cidades", diz Miguel Bento.

O Governo aprovou hoje um conjunto de decretos que revê as bases de concessão das autoestradas sem custos para o utilizador (SCUT), envolvendo as três em que se prevê a instalação e cobrança de portagens.

Falando no final do Conselho de Ministros, o titular da pasta da Presidência referiu que o conjunto de sete decretos aprovados pretende "alterar as bases de concessões" de SCUT's, "revendo os contratos com os concessionários das autoestradas".

"Estes diplomas não envolvem quaisquer alterações em matéria de portagens. A posição do Governo sobre as portagens mantém-se e o Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC), esta semana apresentado, confirma" isso mesmo, salientou Pedro Silva Pereira.

 

Fonte: DN

 



publicado por dina às 13:20 | link do post | comentar

Segunda-feira, 26.05.08

Este é um video sobre um programa  do canal por cabo aqui do norte Porto Canal.

Chegaremos a este ponto??? Para lá caminhamos...

 

 

 



publicado por dina às 13:37 | link do post | comentar

Sexta-feira, 23.05.08

Actualizo os dados do abaixo-assinado contra as portagens nas SCUTS: mais de 39000 assinaturas, isto para publicitar aqui a marcha contra as portagens que se vai realizar no próximo sábado, dia 24 de Maio.

 

(Carreguem na imagem para ver os locais das concentrações)



publicado por dina às 12:54 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Segunda-feira, 14.04.08

O abaixo-assinado contra as portagens na SCUT está a decorrer e neste momento conta com mais ou menos 18100 assinaturas. Contamos com a sua.

 

Excerto do abaixo-assiando:

 

Considerando que a criação das SCUT’S e a sua implementação teve por finalidade a correcção de assimetrias entre regiões com diferentes níveis de desenvolvimento;

Considerando que as SCUT’S vieram colmatar uma das maiores lacunas dos concelhos periféricos: O direito à mobilidade das suas populações

Considerando que as vias anunciadas como alternativas há muito se transformaram em arruamentos urbanos pejados de constrangimentos (rotundas, passadeiras, semáforos,  cruzamentos, escolas, zonas comerciais, etc.) que põem em causa aquele direito constitucionalmente consagrado (...)

 

 

Eu já assinei e você?

 

 

Aqui o link para o abaixo-assinado:  http://www.naoasportagensnasscuts.com/index.php



publicado por dina às 23:02 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30

31


links
posts recentes

"Introdução de portagens ...

Oito cêntimos o quilómetr...

Portajar: a palavra que o...

Comissão de Utentes diz q...

Pagamento das SCUTS - Vej...

Não às portagens nas SCUT...

Não às portagens nas SCUT...

arquivos
tags

comportamento português(159)

notícias(82)

acidentes(42)

a minha terra(39)

vídeos(18)

fotos(16)

estacionamentos(14)

homens ao volante(11)

atropelamento(9)

auto-estrada(9)

iniciativas(9)

vci(9)

gasolineiras(8)

operação stop(8)

gasolina(7)

mulheres ao volante(7)

portagens(7)

carjacking(6)

excesso de velocidade(6)

passadeiras(6)

todas as tags

comentários recentes
devia de aver ainda mais
Pois eu concordo quando dizem k isto anda perigoso...
Boas.Esse estacionamento deve-se ao facto de talve...
Acho bem, ou pagam todos ou não paga ninguém
Mas assim pagamos todos para que os que lá passam ...
Não existem passadeiras nas auto-estradas?!
Boas,Já deviam ter visto isto há muito tempo. É pr...
Ver este diverido artigo sobre a condução em Portu...
Basta às vezes repararmos um pouco, para nos aperc...
subscrever feeds
blogs SAPO
mais sobre mim